1. Home
  2. /
  3. O REGISTRO

O REGISTRO

Para exercer a profissão de bibliotecário, os formandos devem solicitar o registro no Conselho Regional de Biblioteconomia. Clique aqui para fazer o download dos documentos necessários

O exercício profissional sem registro, bem como sem o pagamento da anuidade, implica em caracterização do exercício ilegal da profissão, nos termos do art. 26 da Lei n° 4.084/62 do art. 4º e incisos, do Decreto 56.725/65 e do Código de Ética Profissional.

O registro pode ser principal ou secundário. Como principal entende-se o correspondente à jurisdição do CRB-4, sede da principal atividade exercida pelo profissional. E como Secundário àquele a que está obrigado o profissional que exerce a profissão, comprovada e concomitantemente na jurisdição de outro Conselho Regional.

Ao efetuar o registro, e consequentemente se tornar um Bibliotecário, o profissional está obrigado a obedecer ao Código de Ética Profissional do Bibliotecário, que impõe normas e condutas voltadas à preservação da imagem profissional e a defesa da sociedade.

Todo Bibliotecário é obrigado ao pagamento da anuidade, independe de estar exercendo ou não a profissão, já que essa obrigação decorre de estar inscrito e, portanto, habilitado para a atuação profissional. Quem não está atuando pode solicitar uma licença ou cancelamento do registro, o que suspende de forma temporária ou definitiva as anuidades. O inadimplemento da anuidade provoca a inscrição em dívida ativa e a respectiva cobrança em processo de execução fiscal.

Cabe ao Bibliotecário manter atualizados os seus dados cadastrais junto ao CRB-4 especialmente os que dizem respeito ao seu endereço para correspondência. Com endereço desatualizado o Bibliotecário poderá não receber as correspondências de seu interesse. Poderá ocorrer também o não recebimento da guia para pagamento da anuidade, acarretando o acúmulo de débitos e cobranças indesejáveis. O Bibliotecário também tem a obrigação de eleger os seus representantes, devendo exercer o seu direito de voto nas eleições organizadas pelo CRB-4, escolhendo, de forma sigilosa, os conselheiros regionais. As regras para a composição de chapas, bem como as formas de votação, são amplamente divulgadas pelo CRB-4 nos períodos que antecedem as eleições.

É o número de registro que se recebe após a formatura, por ainda não possuir o diploma mediante a certidão de conclusão do curso devidamente autorizada pelo Ministério da Educação e Cultura. Esta inscrição é autorizada pelo CRB-4 por prazo de 1 (um) ano. Documentos necessários:

* Requerimento ao Presidente do Conselho pedindo o registro provisório (formulário do CRB-4);
* Cadastro de Registro
* Ficha de inscrição(formulário do CRB-4);
* Atestado da instituição de ensino de Biblioteconomia por onde se diplomou, onde conste a data da colação de grau e a declaração de que o diploma foi expedido e encaminhado para registro no órgão competente;
* Fotocópia da certidão de nascimento ou casamento;
* Fotocópia do Título Eleitoral provando ter votado, ou justificativa legal do não exercício do voto na última eleição anterior ao registro;
* Fotocópia da Cédula de Identidade;
* Fotocópia do CPF;
* Fotocópia da Carteira de Trabalho ( páginas da foto, dados pessoais, contrato e a seguinte em branco);
* Fotocópia da Carteira de reservista, quando candidato do sexo masculino de idade inferior à 45 anos;
* Fotocópia da Carteira Modelo 19 para estrangeiros;
* Uma fotografia ¾ recente e
* Pagamento das taxas e anuidade prevista na legislação vigente.


Clique aqui para fazer o download dos documentos necessários

Documentos necessários:

* Requerimento ao Presidente do CRB-4 solicitando o registro definitivo(formulário do CRB-4);
* Cadastro de Registro
* Apresentação do Diploma Original de Bacharel em Biblioteconomia, devidamente registrado no órgão competente para registro no CRB-4;
* Fotocópia autenticada do Diploma de Bacharel em Biblioteconomia.
* Ficha de inscrição(formulário do CRB-4);
* Fotocópia da certidão de nascimento ou casamento;
* Fotocópia do Título Eleitoral provando ter votado, ou justificativa legal do não exercício do voto na última eleição anterior ao registro;
* Fotocópia da Cédula de Identidade;
* Fotocópia do CPF;
* Grupo sanguíneo comprovado em exame;
* Fotocópia da Carteira de Trabalho ( páginas da foto, dados pessoais, contrato e a seguinte em branco);
* Fotocópia da Carteira de reservista, quando candidato do sexo masculino de idade inferior à 45 anos;
* Fotocópia da Carteira Modelo 19 para estrangeiros;
* Três fotografias ¾ recentes;
* Pagamento das taxas e anuidade prevista na legislação vigente;

Clique aqui para fazer o download dos documentos necessários

Documentos necessários:

– Requerimento, solicitando Registro Secundário;
– CIP (Carteira de Identidade Profissional); – Diploma original e cópia;
– 3 fotos 3×4;
– Cópia da certidão de nascimento ou casamento; – Cópia da cédula de identidade;
– Cópia de comprovante de grupo sanguíneo (caso não possua, pode ser feita uma declaração);
– Cópias da CTPS: página da foto, o verso desta página (informações), a última página de Contrato de Trabalho com registro de emprego, mais a seguinte (em branco);
– Cópia do CPF;
– Cópia do título de eleitor e comprovante da última votação;
– Cópia do certificado militar;
– Cópia de comprovante de residência;
– Formulário de cadastramento inicial preenchido;
– Termos de compromisso assinados: de Atualização de endereços residencial e comercial e de Direitos e deveres do Bibliotecário;
– Pagamento da taxa de Registro Definitivo.

Res. CFB nº 307/1984

Documentos necessários:

* Requerimento da própria empresa;
* Contrato Social ou Estatuto (cópia);
* Estrutura organizacional da Empresa/Instituição;
* Relação de funções ou atividades do setor técnico na área de Biblioteconomia e Documentação;
* Indicação do Responsável ou responsáveis Técnicos pelas atividades profissionais, bem como dos demais profissionais integrantes do quadro técnico da empresa/instituição, na área de Biblioteconomia e Documentação;
* Declaração do ou dos Bibliotecários aceitando o(s) encargo(s);
* Declaração assinada pelos dirigentes da empresa ou instituição que assegure absoluta independência técnica ao (s) bibliotecário (s) responsável (eis);
* Pagamento das seguintes taxas:
o Taxa de inscrição;
o Taxa de certidão (empresa).

A licença por dois anos é um recurso que o profissional deve usar, se estiver desempregado, ou estiver atuando em área diferente da Biblioteconomia, mas que deseja retornar algum dia à profissão de Bibliotecário.

A licença por dois anos deve ser solicitada no CRB-4, através de preenchimento dos formulários, anexando comprovação de não estar desempenhando atividades inerentes à profissão, e entregando as carteiras profissionais de Bibliotecário, que ficam no Conselho durante o período da licença.

Clique aqui para baixar os Formulários

O cancelamento deve ser solicitado quando o profissional estiver aposentado e quando não for mais exercer a profissão de Bibliotecário.
Mesmo nos casos de trabalho voluntário, o profissional deverá estar em dia com suas obrigações no CRB-4 não caracterizando o cancelamento. Durante a licença ou cancelamento, o Bibliotecário fica isento do pagamento da anuidade. (Paga somente os duodécimos da anuidade, dependendo de quando solicitou a licença ou o cancelamento.
Se solicitada até o mês de março será cobrado 3/12 da anuidade. E se solicitado após esta data, ou seja, de abril até dezembro, será cobrada a anuidade integral).

Cancelamento Pessoa Física

O cancelamento deve ser solicitado quando o profissional estiver aposentado e quando não for mais exercer a profissão de Bibliotecário. Mesmo nos casos de trabalho voluntário, o profissional deverá estar em dia com suas obrigações no CRB-4 não caracterizando o cancelamento.

Durante a licença ou cancelamento, o Bibliotecário fica isento do pagamento da anuidade. (Paga somente os duodécimos da anuidade, dependendo de quando solicitou a licença ou o cancelamento. Se solicitada até o mês de março será cobrado 3/12 da anuidade. E se solicitado após esta data, ou seja, de abril até dezembro, será cobrada a anuidade integral).

MAS ATENÇÃO!!
O Bibliotecário que, estando cancelado ou licenciado, continuar desempenhando as atividades pertinentes à profissão, estará em exercício ilegal, sujeito a penalidades previstas no artigo 40 da Lei 9.674/98, que vão desde multa de uma a cinqüenta vezes o valor da anuidade, até a cassação do registro profissional.

Através de denúncias recebidas e visitas da Bibliotecária fiscal, será possível identificar os profissionais que estiverem atuando ilegalmente, sem o devido registro, ou na condição de licenciados ou cancelados. Se você tem conhecimento de irregularidades, sejam de profissionais ou instituições que não possuem Bibliotecário, denuncie-as, para que tomemos as devidas providências.

Cancelamento de Registro por Falecimento

Documentos necessários:

– Requerimento;
– Cópia da Certidão de Óbito ou documentação oficial que comprove o falecimento.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support